O PRÊMIO / JÚRI
JÚRI NACIONAL

DANIELA PINHEIRO

Daniela Pinheiro é jornalista da revista Piauí desde 2007. É coautora de Vultos da República e Tempos Instáveis, ambos publicados pela Companhia das Letras. Passou pelas redações da Veja e da Folha de S. Paulo. Venceu quatro vezes o Troféu Mulher Imprensa e duas vezes o Prêmio Comunique-se como melhor repórter de mídia escrita do país. Foi bolsista da John S. Knight Journalist Fellowships, na Universidade de Stanford, e é diretora do novo projeto digital da Piauí.

EVANDRO ÉBOLI

Jornalista há 30 anos, formado pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Minas Gerais. Passou por redações dos jornais Tribuna da Tarde (MG), Hoje em Dia (MG), Folha de São Paulo e O Globo. Atualmente, é editor em Brasília do diário Gazeta do Povo, do Paraná. Com experiência em coberturas que envolvem temas como questões fundiárias, indígenas, militares, movimentos sociais, reflexos de atos do regime de 64 e outras variantes dos direitos humanos. Na área política, atua especialmente no Congresso Nacional, com ênfase em bastidores de votações e articulações de parlamentares. Em O Globo, onde atuou durante 16 anos, começou na então Coluna Swann (editada por Ricardo Boechat), foi repórter e também coordenador interino da Editoria de Nacional.

MARCELA ROSSETTO

Graduada em jornalismo e direito, tem 26 anos de experiência jornalística nas áreas de política, administração pública e justiça. Atuou como repórter, colunista e editora na imprensa diária em São Paulo e Mato Grosso do Sul. Por quatro anos, foi a editora responsável da revista Visão Jurídica, em São Paulo. Trabalhou em assessorias de comunicação nos setores público e privado em cidades do interior paulista e na Grande São Paulo. Foi coordenadora da Assessoria de Imprensa da Procuradoria-Geral do Trabalho, em Brasília, por cinco anos.
JÚRI REGIONAL

ALEXANDRE GONÇALVES

Jornalista formado pela Universidade do Vale dos Sinos, em São Leopoldo/RS, em 1989, com especialização, concluída em 2009, em Convergências da Comunicação pela Faculdade Ibes Sociesc (Blumenau). Passou por diversos veículos de imprensa: RCE/Rede OM de Comunicação, em Florianópolis; RBS TV em Blumenau; TV Educativa RS; FURB TV em Blumenau; e RIC TV Record Blumenau, sendo o responsável pela instalação da emissora na cidade. Além disso, foi professor universitário na Faculdade Ibes Sociesc entre 2009 e 2014, colunista e editor do Jornal Folha de Blumenau, teve passagem por assessorias de imprensa no Poder Público e na esfera privada, e hoje, é responsável pelo portal de notícias Informe Blumenau.

ALINE BARONI

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 2008, e foi chefe da assessoria de comunicação do Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR), entre 2013 e 2016. Em 2016, trabalhou na comunicação de projetos como o Observatório do Amianto, Observatório do Agrotóxico e Instituto Lixo e Cidadania, vinculados ao MPT, Ministério Público do Paraná, UFPR, Governo do Estado do Paraná e Prefeitura de Curitiba. Em suas passagens pela imprensa, destaca-se o recente trabalho na produção de vídeos diários, transmitidos ao vivo, durante as eleições municipais de Curitiba para o jornal Gazeta do Povo.

CARLA TEIXEIRA

Coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco e leciona há 18 anos na instituição, nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Jogos Digitais. Doutoranda em Design pela UFPE, com pesquisa ligada aos newsgames, narrativas, mecânicas e design, possui mestrado em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (UFRPE), no qual aprofundou relações entre a identidade cultural, além de um projeto de inclusão digital. Também é Especialista em Desenho - Expressão Gráfica pela UFPE. Atuou como jornalista e designer na Press Assessoria de Comunicação, Prefeitura de Camaragibe e Núcleo de Comunicação da Secretaria de Planejamento de Pernambuco, com prestação de serviços para a Rima Consultoria em Comunicação. Atualmente, é coordenadora da pesquisa "Estudo exploratório sobre a indústria de jogos em Pernambuco: análise histórica e das potencialidades do setor no Porto Digital", do grupo Mídia e Cultura Contemporânea da Unicap.

CLAUDIA ROLLI

Jornalista com atuação em jornais, revistas e sites há mais de 25 anos. Trabalhou na Folha de São Paulo, Agora São Paulo, Diário do Grande ABC, entre outros. Venceu vários prêmios de Jornalismo, como o Prêmio Esso, Prêmio CNI de Jornalismo Econômico e Prêmio Abecip. Este último, na categoria Educação Financeira e Responsabilidade Social. Atualmente, trabalha em seu projeto de mestrado e estuda o impacto de negócios sociais no mundo digital, e é jornalista independente, consultora de comunicação e produtora de conteúdo em projetos especiais para diversos veículos, entre eles a Folha de São Paulo, Veja.com e Forbes Brasil, entre outros. É formada em jornalismo pela Universidade Metodista e pós-graduada em Economia e Gestão das Relações de Trabalho pela PUC-SP.

EUGÊNIO REGO

Mestre em Comunicação pela UFPI, Especialista em Gestão de Comunicação e Marketing Institucionais pela Universidade Castelo Branco/RJ. Bacharel em Jornalismo e Relações Públicas pela UESPI, licenciado em Letras Inglês também pela UESPI, professor do Centro Cultural de Línguas Pe. Raimundo José (SEDUC), dos cursos de Publicidade e Jornalismo da Estácio Ceut e de Licenciatura em Língua Inglesa NEAD — UESPI.

FÁBIO VARELA

Repórter cinematográfico com experiência de mais de trinta anos na TV. Começou na TV Brasília, nos anos 80, e passou também pela TVE e Band. Atualmente, trabalha na TV Senado há 21 anos e na TV Record há 17 anos. Integra a Direção do Sindicato dos Jornalistas de Brasília, fazendo parte da comissão de registros profissionais na área.

FERNANDA MONTEIRO

Graduou-se em Jornalismo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no ano de 1999. É repórter, editora e apresentadora da TV Assembleia de Mato Grosso do Sul. Já atuou como repórter do SBT-MS, como redatora publicitária e empresária do setor de comunicação. Também desempenhou as funções de repórter e editora de TV em campanhas eleitorais, e foi assessora de imprensa do Governo do Mato Grosso do Sul, na Secretaria de Saúde e na Agência de Vigilância Sanitária Animal e Vegetal.

LÚCIO FLÁVIO PINTO

Sociólogo formado pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo e jornalista profissional há mais de 50 anos. Edita, atualmente, o Jornal Pessoal, publicação quinzenal alternativa que circula em Belém há quase 30 anos. Tem livros individuais e coletivos sobre a Amazônia e o jornalismo.

LUIZA BARREIROS

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal de Alagoas. Atualmente, é Assessora de Comunicação do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT-AL). Tem experiência como assessora de imprensa, repórter e editora em meios impressos, além de produtora de TV, atuando principalmente nas áreas de política, economia e Justiça.

LUIZ CLÁUDIO FERREIRA

Jornalista há 20 anos, trabalha em jornais, revistas e assessoria de comunicação. Desde 2005, é professor de jornalismo em Brasília, onde é responsável por disciplinas laboratoriais e de edição de conteúdo. No ambiente acadêmico, coordena uma agência de notícias experimental. É mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília e doutorando em Literatura. Atualmente, também é editor da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ganhou prêmios de reportagens publicadas em jornais impressos e on-line. É autor de dois livros, além de ensaios e artigos.

MARIÂNGELA HASWANI

Jornalista, mestre e doutora pela Universidade de São Paulo (USP), onde é docente e pesquisadora de comunicação pública, com foco na comunicação governamental, como a garantia de direitos.

NIKÃO DUARTE

Jornalista com atividades desenvolvidas nos grupos Diário Associados e Emissoras Associados, Caldas Junior, O Estado de São Paulo, Jornal do Comércio/RS, Organização Jaime Câmara, RBS, Jornal do Brasil; na Associação Nacional de Jornais, nos governos Federal e Estadual (RS), no Congresso Nacional, na Federação das Indústrias, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e no Banrisul, atualmente, como assessor de comunicação. Doutor em Comunicação pela PUCRS, mestre em Comunicação e Informação pela UFRGS, MBA em Marketing pela ESPM. Além de professor universitário na Universidade de Brasília, no Uniceub (DF) e na Unisinos (RS), e como convidado, na Esade e na Uniritter. Autor dos livros “A guerra de Cacimbinhas” e “Redação em RP II”.

RENATA TORRES

Jornalista e empreendedora social, graduada pela Universidade da Amazônia, e com MBA em Gestão da Comunicação Corporativa. Com experiência no setor público e privado, atuou em veículos de comunicação regionais e nacionais como repórter e como assessora de imprensa de Deputados Estaduais, no estado do Pará. Desde 2016 é sócia-diretora da Três Comunicação, empresa caracterizada como um negócio social, em que desenvolve atividades de fomento cultural e desenvolvimento regional por meio da comunicação. Atualmente, é assessora de Comunicação da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 8ª Região – Pará e Amapá (AMATRA 8), onde atua com estratégias de comunicação para o combate ao trabalho infantil e trabalho escravo.

TEREZINHA SOARES

Mestre em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia, área de concentração Política e Gestão Ambiental. Especialista em Divulgação Científica e Tecnológica pela Universidade de Brasília e bacharel em Direito e Comunicação Social pela Universidade Federal do Amazonas. Possui ampla experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo, Editoração e Assessoria de Comunicação, Direito Ambiental e Políticas Públicas para o meio ambiente, inclusive em políticas de recursos hídricos. É professora de Comunicação Social.

VICTOR GENTILLI

Jornalista, graduado pela Faculdade Cásper Líbero/SP. Desde 1975, trabalhou em diversas redações em São Paulo, como Diário Popular, Jornal Meio & Mensagem, sucursal de O Globo, entre outras. Em 1982, migrou para Vitória, onde ingressou por concurso público na Universidade Federal do Espírito Santo. Até o final de 1988 dividiu as atividades de professor com as redações dos dois maiores jornais locais: A Gazeta e A Tribuna. É mestre e doutor em Ciências pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Coordenador do curso de Jornalismo da UFES e docente do corpo permanente do Programa de pós-graduação em Comunicação e Territorialidades. Em 2005, publicou o livro Democracia de Massas – Jornalismo e Cidadania, pela editora da PUC-RS.